Portal Destaque

Notícias

APRESENTADOS OS RESULTADOS DE PESQUISA NUTRICIONAL REALIZADA COM IDOSOS DE NOVA ROMA DO SUL
21/09/2016
Saúde, Cidadania e Assistência Social

APRESENTADOS OS RESULTADOS DE PESQUISA NUTRICIONAL REALIZADA COM IDOSOS DE NOVA ROMA DO SUL



No dia 16/09/2016, foram apresentados os resultados de uma pesquisa realizada com idosos de Nova Roma do Sul pelas acadêmicas de Nutrição do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG), Helena Zoraski e Marilene Fiametti, sob a orientação dos docentes Maria Luisa Gregoletto e Cleber Cremonese.

A pesquisa teve como objetivo conhecer a saúde dos idosos de Nova Roma do Sul para auxiliar no planejamento de estratégias para sua melhoria. O estudo foi realizado com 302 idosos de Nova Roma do Sul e consistiu em aplicação de questionário, exames de sangue e medidas de peso, altura e circunferência.

Quanto ao perfil destes 302 idosos que participaram da pesquisa os resultados foram os seguintes:

- 56% mulheres e 44% homens;

- 50,3% 60 a 69 anos, 35,1% 70 a 79 anos e 14,6% 80 anos de idade ou mais;

- 70,5% possuíam companheiro(a) e 29,5% possuem companheiro(a);

- 54,3% tem de 1 a 3 filhos, 36,4% tem 4 ou mais e 9,3% não tiveram filhos;

- Quanto a moradia, 37,1% moram com companheiro(a), 31,5% residem com companheiro(a) e filhos, 7,6% moram sozinhos, 7% moram com filhos e 16,9% outros;

- Em relação a renda, 56% recebem entre 1 e 2 salários mínimos, 38% entre 3 a 5 salários, 4% recebem 6 ou mais salários mínimos e 2% recebem até 1 salário mínimo.

Em relação a saúde deste grupo de idosos, o estudo apontou os seguintes resultados:

- 76,5% foram considerados insuficientemente ativos;

- 95,7% se declararam não fumantes;

- 63,2% disseram não ingerir bebidas alcoólicas;

- 61% apresentaram excesso de peso, 32% apresentaram peso adequado e 7% apresentaram baixo peso;

- Com base na medida da circunferência abdominal, 85% dos participantes apresentam risco;

- 14% já tiveram diagnóstico de câncer;

- 55% apresentaram pressão arterial elevada;

- 61% apresentaram glicose alterada;

- 86% estão com colesterol normal, porém o Colesterol HDL, considerado bom, apresentou-se baixo em 53% dos participantes;

- Quanto a Síndrome metabólica, 63% não apresentaram e 37% apresentaram, que é quando existe um conjunto de alterações fisiopatológicas que aumentam o risco para doenças cardiovasculares.

Este estudo foi encaminhado para a Secretaria Municipal de Saúde, para que a mesma possa pensar estratégias e ações que visem melhorar a saúde e a qualidade de vida da população, cabe ressaltar que o estudo teve apoio da secretaria, com presença ativa das agentes de saúde, que aplicaram o questionário com o grupo.

 

 


Fonte: Assessoria de Comunicação / Helena Zoraski e Marilene Fiametti (FSG)

OUTRAS NOTÍCIAS
26-01-2021

Vacina contra a Covid-19: confira a lista de vacinados

A imunização contra a covid-19 teve início na ...

VER NOTÍCIA
25-01-2021

CORONAVÍRUS: boletim epidemiológico diário

Confira os números do Boletim Epidemiológico at&eacut...

VER NOTÍCIA
22-01-2021

ERS 448: confira como funcionará o trânsito na rodovia durante as obras de recuperação

Bloqueada em julho e liberada apenas em dezembro de 2020, a ERS 448...

VER NOTÍCIA
21-01-2021

2021 começou com as obras à todo vapor

Foto 1 - Ampliação da Escola Barão do Rio Bran...

VER NOTÍCIA
21-01-2021

ERS 448: confira como funcionará o trânsito na rodovia durante as obras de recuperação

loqueada em julho e liberada apenas em dezembro de 2020, a ERS 448 ...

VER NOTÍCIA
20-01-2021

Nova Roma do Sul recebe 10 doses da vacina contra a covid-19 e primeira imunizada é uma médica

A imunização contra a covid-19 teve início nes...

VER NOTÍCIA